VIII MOSTRA LUGAR NÔMADE DE DANÇA até 29/11/2015

petrobras-topo

    apresenta

MOSTRA LUGAR NÔMADES DE DANÇA CHEGA

NA OITAVA EDIÇÃO COM PROGRAMAÇÃO INTENSA

SEGUNDA SEMANA DA PROGRAMAÇÃO

Nesta última semana da VIII MOSTRA LUGAR NÔMADE DE DANÇA, teremos muitas surpresas,  a pré-estreia do novo espetáculo da Cia. Corpos Nômades “O ESPECULADOR DE OLHOS INVISÍVEIS DE CARNE”. Apresentações da incrível CÉLIA GOUVÊA, com um solo que marca sua longa contribuição para a dança contemporânea brasileira.  A docilidade e sutileza do Duo de JANICE VIEIRA e sua filha ANDREIA NHUR, que tem uma forte aliança criativa musical com a dança por gerações. As apresentações das residentes coreográficas do projeto LUGARIZAÇÃO edição 2015 ( JOSEFA PEREIRA, LARISSA VERBISCK e MICHELE CAROLINA).  Somado aos  artistas de uma nova safra talentosa de criadores como o TRIÂNGULO NUCLEAR  (Natália Yuki, Flavia Lucato, Antonio Marques) e FAIXA UM (Vagner Cruz). Mais o Workshop HAINKTANZ com a nossa grande  SÔNIA MOTA e um encontro sobre SURREALISMO com o instigante CLAUDIO WILLER. Não PERCAM!!!!

de 27 a 29/11/2015

O ESPECULADOR DE OLHOS INVISÍVEIS DE CARNE cia.corpos nômades - foto joão andreazzi

vitor_vieira_fotografia-7888

Vis-à-Viscom Janice Vieira e Andréia Nhur - Preestreia

Partilha do Sensivel_08_Danilo Patzdorf-2

10845978_10203134094267352_5052640569701776291_n

Lugar em Foto Exposição

IMG_3874

IMG_3873

Com patrocínio da Petrobras e direção artística de João Andreazzi, mostra realizada pela Cia. Corpos Nômades traz um recorte do panorama da produção atual de dança contemporânea no Brasil e programação com espetáculos, workshop e bate-papo.

Entre os dias 20 de novembro e 29 de novembro de 2015, a sede da Cia Corpos Nômades, batizada de Espaço Cênico O Lugar, receberá dezessete espetáculos de dança, dois workshops e uma palestra/encontro dentro da VIII Mostra Lugar Nômade de Dança. Levando ao público uma visão da produção atual da dança contemporânea no Brasil, bem como novas pesquisas e provocações estéticas. A direção artística da mostra é do coreógrafo João Andreazzi e o patrocínio é da Cia. Corpos Nômades e da Petrobras.

Durante duas semanas o público poderá conferir trabalhos de nomes como Célia Gouvêa, Sonia Galvão, Dudude Herman, Maria Mommensohn, Sônia Mota, Janice Vieira. Em 2015, a programação traz uma novidade: pela primeira vez, a Cia Corpos Nômades pre-estreiará uma nova criação na Mostra que organiza. O grupo apresenta o resultado do Lab de Criação Corpo Um Lug@r Nômade, que intitula-se “O Especulador de Olhos Invisíveis de Carne”, recorte e momentos da obra de Beckett, como o Despovoador e com a pesquisa da Cultura Guarani e os moradores da antiga Favela do Gato. Depois das apresentações na Mostra (dias 27, 28, e 29 de novembro), a montagem segue temporada até o dia 20 de dezembro de 2015.

Além da programação principal, a mostra também apresenta a Sessão Meia-Noite Olho Neles, voltada para novas criações e talentos da dança, entre elas os selecionados de 2015 do programa de residência artística “Lugarização”, que acontece na sede da Cia Corpos Nômades e tem como objetivo proporcionar um espaço onde os artistas possam desenvolver seus trabalhos de pesquisa e experimentação em dança contemporânea. Além dos seis profissionais participantes da residência – Josefa Pereira, Joana Ferraz, Calu Zabel, Larissa Verbisck / Bruno Avoglia, Michele Carolina e Adega Olmos / Thiago Sallas; estarão presentes: Vagner Cruz – Cia. Faixa Um, Erika Moura, Nina Giovelli e o Triângulo Nuclear.

Com o objetivo de ampliar a troca e disseminação de informações e ideias, a mostra contempla bate-papos, dentro de Tea Time: O Lugar em Reflexão, que acontece aos sábados, sempre às 16 horas. Ainda na programação, Workshop de Dança Indiana com Sonia Galvão, Workshop de Dança Contemporânea com Sônia Mota e um Encontro sobre “Surrealismo O Espectador Alucinado” com Claudio Willer, todos eventos gratuitos.

Durante o período da Mostra ocorrerá a LUGAR EM FOTO EXPOSIÇÃO com Fotos do acervo Célia Gouvêa, uma foto-instalação de Caio Zanuto, além de fotos da Cia. Corpos Nômades, clicadas por Henk Nieman.

Para a VIII Mostra Lugar Nômade de Dança, a cia recebeu cerca de 82 projetos interessados em participar. João Andreazzi explica que “a intenção da Mostra é que experimentadores e investigadores da dança contemporânea mostrem seus trabalhos e dividam com outros artistas e o público em geral suas pesquisas e questões artísticas. Em comum, os grupos escolhidos tem o fato de aliarem qualidade a propostas que, juntos componham uma perspectiva interessante da dança contemporânea”.

Esse evento, segundo João, está em linha com o projeto “CORPO UM LUG@R NÔMADE”, ações artísticas que o grupo desenvolve graças ao patrocínio da Petrobras, como a residência artística, bem como a manutenção da sede Espaço Cênico O Lugar, inaugurado em 2007 e ganhador do Prêmio APCA 2010 (Associação Paulista de Críticos de Arte) por Modelo de Espaço de Difusão de Dança. “Há nestas ações a motivação de dividir o espaço físico para apresentação de trabalhos e para residências, e possibilitar o compartilhamento de ideias e de procedimentos criativos entre as companhias e artistas independentes”, comenta Andreazzi. 

                   Fotos da fotografa oficial desta edição VIII MOSTRA LUGAR NÔMADE DE DANÇA,  Inês Correa. Durante a primeira semana da Mostra de 20/11 a 22/11/2015.

Solo de Maria Mommensohn 20/11/2015

Estudo Imprevisível para uma primavera imprevisívelMangalam - Sonia GalvãoInes Correa_221115_Adega_Z_0803wLeontina - Erika MouraO Axexê da Bailarina Morta - Calu ZabelBesta - Joana FerrazDesviante - Nina Giovelli